Uma festa para poucos e bons amigos

Por Luigi Bitencourt




No dia 10 de setembro de 2020, a dog Skye completou seu segundo ano de adoção em uma festa super intimista. A ideia inicial era realizar uma festança, cheia de convidados e muitos amigos caninos. Porém, como todos sabemos, festa com aglomerações está proibida no momento. Então, restou a dona ter uma ideia rápida para mudar todo plano inicial e não deixar essa data passar em branco.



Skye irradiava felicidade na cia dos seus donos e amigas pet. Crédito: Jaqueline Brito

Elisiane Mengue (mãe humana da Skye) conta que, por ser uma ideia de ultima hora a realização da festa, teve certas dificuldades para conseguir a decoração perfeita. Mas, com muito esforço e imaginação, com o que tinha ao seu alcance, tudo foi se ajeitando e deu super certo. Afinal o objetivo maior era ver sua filha canina se divertindo com suas amigas pets Laila e Nina.

Elisiane fala com emoção porque sempre comemora a data que a Skye foi adotada: “várias pessoas, quando ficam sabendo que a Skye morava na rua, falam que nós mudamos a vida dela. Mas, na verdade, foi ela quem mudou nossa vida. Hoje temos hábitos mais saudáveis, vamos a parques, interagimos mais com outros humanos e pets; somos muito mais felizes. Sendo assim, por tudo isso, comemoramos os aniversários de adoção dela! E também para agradecer pela sua saúde e por todo o bem que ela nos faz".


No dia skye recebeu muito amor do convidado Juliano. Crédito: Jaqueline Brito

Outro detalhe mega importante, que não podemos esquecer, foi que a comemoração seguiu todos os cuidados e recomendações para uma festa segura. Elisiane conta como esquematizou para a festa ser perfeita e segura “nos encontramos na casa dos meus pais, onde há uma área aberta e não entramos na casa. Também tínhamos álcool gel e nós humanos cuidamos para deixar um distanciamento seguro. As cachorrinhas brincaram muito e era isso que nós queríamos, que elas se divertissem bastante”.

Como uma aniversariante que adora discursar, se a Skye pudesse falar, com certeza diria que não tolera preconceito contra os vira latas e comentários maldosos jamais serão tolerados, pois os vira latas são tão lindos e merecedores de carinho, igual qualquer outra raça, então Xô preconceito .



Adote também e seja feliz

Para finalizar a Elisiane fez questão de deixar uma linda mensagem:


“Todo animal merece ser feliz, não importa se tem raça ou não. Sempre que possível alimente e deem de beber a esses animais. A Skye foi resgatada apenas para ser castrada e iria voltar para as ruas. Apoie também a castração dos animais de rua. Por fim, tem muitas ONGs que resgatam, acolhem e procuram novas famílias para esses animais de rua; a Vila dos Peludos, por exemplo. Ajudem essas ONGs, nem que seja compartilhando os pedidos de ajuda e animais pra adoção, pois quanto mais visibilidade, maior é a chance desse trabalho ser efetivo e termos cada vez menos animais abandonados nas ruas. No final todos saem ganhando”.

E você leitor, se gostou da Cachorrinha Skye e gostaria de continuar acompanhando suas aventuras, no dia a dia, basta acessar seu instagram (@skye.srd).


.

Autor: *Luigi Bitencourt é um jornalista apaixonado pelo mundo pet.

Para ler mais matérias em sua coluna clique aqui.



CONTATO

(51) 3209.9879

(51) 99982.4717 / (51)  99338.6335

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • Branca Ícone Google+
  • YouTube - Círculo Branco