Os influenciadores reais

Por Luís Pissaia

Você já refletiu sobre a hipótese de que pode influenciar as pessoas a sua volta?


Nunca tive uma noção clara de influência sobre o grupo, pois a concepção atual de influenciador permanece atrelada aos meios digitais com ênfase nas redes sociais e na figura longínqua de um ser com espaço de fala. Quando penso no cotidiano, o espaço dos influenciadores diminui e torna-se difícil nomear esses indivíduos.



No último mês iniciei um novo ciclo de atividades físicas, com foco na educação postural e acompanhamento contínuo de um educador físico. Junto com a mudança de treino, houve um ajuste nos horários e por consequência nos companheiros de academia.


E foi durante um destes treinos que percebi o poder que a minha própria motivação influencia os demais. Foi quando uma dessas parceiras de treino olhou para mim e disse: - Sabe que depois que você começou a treinar nesse horário eu me sinto mais motivada?. Acredito que o meu semblante foi de espanto, pois o sentimento foi o de: - Sério isso?. E ela continuou: - Antes de você, eu sempre treinava sozinha, chegava com sono, preguiça e nem a música alegrava a rotina, mas como você é jovem e faz exercícios diferentes estou com motivação para seguir e até acordar e vir mais cedo.


Depois de agradecer pelo retorno positivo da minha presença e mesmo que incrédulo, sentei em meditação e refleti sobre o papel que desempenhamos no grupo de convivência, sobretudo na influencia dos atos sobre os demais.


A minha mente viajou por entre os diversos cenários que transito rotineiramente, desde as caminhadas pelo bairro, a academia, o ambiente de trabalho, o lar e a universidade. Espaços repletos de outras vidas e singularidades nas quais exerço a mais profunda interação coletiva, conduzindo anseios pessoais e construindo com as informações agregadas.


Neste movimento intenso de sinapses e ligações cognitivas de memórias percebi o quanto é possível que o meu comportamento influencie as pessoas e que por consequência também sou influenciado pelos mesmos indivíduos. Nesta viagem descobri que a receita feita no almoço do último sábado é fruto de uma conversa com a senhora do bairro e que oferece várias receitas amorosas que colecionou ao longo dos seus setenta e oito anos de vida.


Essas reflexões perseguem os meus dias, intuindo que esse movimento natural e orgânico acontece de forma potente e imperceptível a todos os seres humanos. Dessa forma, sim você influencia as pessoas próximas mesmo sem querer.


Os influenciadores reais são aquelas pessoas pelas quais o nosso olhar desperta para o diferencial no cotidiano. Aqueles hábitos que se sobressaem dos demais e chamam a atenção pela autenticidade e poder de atrair reflexões para uma melhor qualidade de vida.

Na maioria das vezes, as influências não possuem nomes, rostos e/ou redes digitais, mas partilham de momentos reais conosco sem requisitar contrapartida.



Sobre o autor - *Enf. Me. Luís Felipe Pissaia  - COREN/RS 498541

Mestre e Doutorando em Ensino

Especialista em Gestão e Auditoria em Serviços da Saúde

Docente Universidade do Vale do Taquari - Univates 

Enfermeiro de Rel. Empresariais - Marketing e Relacionamento Unimed VTRP