O Caos - Por Vanessa Campos


Você deve estar pensando: "meu Deus … o que ela vai vir me contar hoje?!" Calma! Está tudo sob controle. Quero, primeiro, fazer uma brincadeira contigo… meu leitor.


Fecha os olhos … imagina um lugar… agora pensa no caos. Como esse ambiente está? Qual é o cenário? Onde você está? Como são os móveis? Está sozinho? Que cheiro tem? Tem algum barulho? Por quanto tempo tu tá nesse lugar? Agora me conta? O que tu sente? Como é viver no caos?




Ufa… abre teus olhos e te dá conta que tu tá onde tu tá! E não no caos. Vou explicar o motivo da minha reflexão de hoje. Eu estou no caos! Sim, ele foi instalado por mim mesma (desculpa a redundância, mas ela é válida para o momento). Eu criei essa situação quando resolvi reformar os dois banheiros da minha casa. Detalhe… faço home office. Querem saber meu lugar? Barulho de britadeira, gato miando, cheio de poeira. Casa totalmente bagunçada. Sem poder lavar roupa, cozinhar - nenhum outro afazer doméstico. Tudo fora do seu lugar. Um exercício para manter a mente equilibrada. O mais inusitado é que não me estressei. Fiquei preocupada dos gatos fugirem, mas tranquei eles no escritório comigo e assim eles passam a semana. Me acompanhando no trabalho, incomodando eventualmente.


Fiquei mais cansada que o normal? Obviamente! O caos desgasta a energia do sujeito.

Pensei que o caos tem das suas belezas. Meus empreiteiros destruíram todo o banheiro, tava um horror! Dez sacos de lixo com brita e tudo mais. E hoje, quando entrei no banheiro no fim do dia, estava com outros ares. Paredes lindas, novas … plenas! Amei!


A vida é assim pensei eu… a gente aprende no caos. Morre e revive. Sobrevive, cresce e renasce diferente. Tem beleza nisso?! Certamente que sim! Confesso que guardadas as devidas proporções, gosto de viver assim. Desacomodar tudo para então começar de novo. Gosto de desafios, ver algo novo sendo construído.


Pode ser que por isso ache tão lindo ser psicóloga. Entro com meus pacientes em diversas reformas… sem fim! Nossa!!!! Isso me renova. Sei que daqui 10 dias, quando estiver usando meu banheiro lindo, novo, vou esquecer do caos. Por diversas vezes, estamos vivendo algo muito complexo, que nos toma energia, e achamos que não vai passar. Tu está te sentindo assim? Calma… te asseguro que TUDO PASSA!


Obras internas são necessárias sempre! Mudar! Arriscar! Renovar! Tenha calma, força e fé. Somos obras em constante reforma e transformação. Fechamos um ciclo para abrir outro logo em seguida… pelo resto de nossas vidas, pois somos movimento. SEMPRE! Isso é viver de forma plena e ser verdadeiro!


E não esquece de aproveitar o teu caos! Ele é só teu!

Um beijo empoeirado! Até a próxima.


Psicóloga Vanessa Campos