Vai um batonzinho aí?

Por Vanessa Machry*


Coloca um batonzinho e vai! Hoje em dia é fácil dizer isso, mas o que a maioria das pessoas não sabe é que esse cosmético, que se tornou essencial na maquiagem, tem uma história muito bacana, que começou há alguns séculos atrás.

Como sempre, os antigos egípcios saíram na frente. Sério, eles eram o “Professor Pardal” daquela época. Além de terem sido os criadores de itens fantásticos, como o calendário e o arado para plantação, eles são “pais” da pasta de dente, da maquiagem dos olhos, das balas de menta e do hábito de aparar a barba e cortar o cabelo, entre outras tantas coisas. E a gente agradece até hoje!


Na história, a primeira mulher a usar batom foi a, certamente empoderada, Cléopatra! Na época, era feito com cera de abelha e pigmentos de insetos macerados. Pensando aqui, devia dar um trabalhão, né! Mas, o que a gente não faz para ficar mais bonita.


Já na Idade Média, a Igreja Católica chegou a proibir o uso pelas mulheres cristãs, pois era associado aos pecados da vaidade e luxúria. Mas no Iluminismo, a Rainha Elizabeth I trouxe o nosso queridinho de volta à moda, principalmente na aristocracia.


Anos mais tarde, e já mais conhecido, o batom passou a ser um dos ícones da luta feminista e da feminilidade. Hoje, ele está totalmente democratizado em todas as cores, formas e texturas que a gente ama. Ainda bem!


Cosmético mais usado em todo o mundo, o batom é “necessidade básica” para quem quer dar um tapa no make. Seja para dar cor ou apenas um brilho aos lábios, ele faz toda a diferença.


Seu crescimento aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial, quando milhões de mulheres passaram a trabalhar e a ganhar o próprio dinheiro que a demanda por cosméticos cresceu vertiginosamente. Usar batom passou a ser considerado patriótico nos EUA, e quase um dever feminino. Creia!


Aqui no Brasil, as pessoas adoram. Fato que se comprava com números! Somos o quarto país no planeta que mais consome o produto. E eu confesso que faço parte desse clube!

Muitas das marcas conhecidas até os dias atuais foram criadas na década de 1920, como Chanel, Guerlain, Elizabeth Arden, Helena Rubenstein e Max Factor. Em 1940, já tínhamos Revlon, CoverGirl e Maybelline.



Como uma especialista em Make Up, eu não posso encerrar esse texto sem te dar aquelas dicas básicas que vão ajudar na hora de escolher o batom ideal. Confere aí a baixo, alguns drops bem interessantes:


Nude, vermelho ou colorido?


A cor depende do mood, mas os cuidados são fundamentais! Hidrate os lábios todos os dias e use esfoliante de duas a três vezes por semana, principalmente no inverno. Assim, eles estarão lindos e preparados para arrasar com qualquer cor ou textura.



Crédito: Divulgação/Studio Vanessa Machry

As cores salvam


Os nudes são clássicos e elegantes, mas uma cor vibrante, como o pink ou o roxo, dá um super up na make quando estamos sem tempo de fazer um olho esfumado.

O vermelho perfeito


Batom vermelho é clássico, elegante e sempre poderoso. Quer achar o seu vermelho perfeito? Tons alaranjados combinam com peles quentes, de fundo dourado, e tons rosados ou que puxam para vinho são os melhores para as peles frias. Fazer contorno com lápis de lábios da mesma cor do batom e aplicá-lo com pincel garantem o desenho perfeito e a melhor fixação do produto.

Mate x Brilho


Após os batons mate terem invadido e dominado as nécessaires das brasileiras por quase uma década, pela pigmentação e durabilidade, a textura gloss vem reconquistando espaço há algumas temporadas e já está dominando as coleções das marcas de cosméticos, junto com os cremosos e cintilantes. A melhor parte é que podemos escolher uma cor e uma textura para cada dia.


Lábios Esfumados


A gente adora uma novidade e a super tendência, agora, são os lábios esfumados! Ou seja, lábios pintados sem margens ou traços definidos. Que tal experimentar? É fácil de fazer: aplique um pouco de batom no centro dos lábios e esfume com um pincel fofinho ou com os dedos, dando batidinhas. Fica mais bonito com cores vibrantes, e pode-se trabalhar em camadas para construir a intensidade da cor.

Como aumentar os lábios?


Para quem tem lábios muito pequenos ou fininhos, é possível dar o efeito de lábios um pouco maiores. Mas, cuidado para não ficar artificial demais, ok? A primeira dica é fazer o contorno levemente por fora do contorno natural. Depois, aplique gloss no centro dos lábios e, na sequência, o batom.

Gostou das dicas? Então, pega aquele batom que você ama e dá uma cor para o seus lábios. Não precisa de ocasião importante. O que vale é o desejo de se sentir bonita!


Até a próxima!

Vanessa Machry

Autora: Vanessa Machry* - Maquiadora Profissional formada pelo Montgomery College de Rockville/MD nos Estados Unidos, e tem vários cursos de especialização no Brasil, inclusive com a renomada especialista Brigitte Calegari.


Encarou o desafio de ser Empresária da Beleza desde outubro de 2017 quando abriu o Vanessa Machry Beauty Studio, um espaço que traz a proposta de valorizar a beleza real de cada mulher, da cabeça aos pés.


Instagram: @vanessamachryst




#Ficaadica #makeperfeita #pelesaudável #beleza #dicasdemake #vanessamachry #portoalegre #salaodebeleza #vaidade

CONTATO

(51) 3209.9879

(51) 99982.4717 / (51)  99338.6335

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • Branca Ícone Google+
  • YouTube - Círculo Branco