O amor é um exercício diário! Por Vagner Oliveira

Me lembro que uma das minhas primeiras colunas aqui foi sobre o amor. Faz um ano e meio já que escrevi ela, foi quando Felipe e eu começamos a pensar em se casar e assim como qualquer casal, o elemento essencial para isso acontecer é o AMOR.


Crédito: Diego Jonko Fotografia

Hoje, depois de casados e com a experiência diária, afirmo: O amor deve ser alimentado todos os dias! E como isso é bom. Nem só de flores e versos vive um casamento! Já se perguntou: O que você acha que mais está faltando em seu casamento? Posso imaginar que muitos vão responder: “romantismo". É claro que todos nós queremos um relacionamento com poesia, flores, presentes, declarações de amor, surpresas agradáveis, etc.


Porém, em uma construção, o amor romântico é apenas o ornamento, a decoração, a pintura, os vasos, as plantas, as flores, os quadros na parede, os tapetes, etc. Tudo isso é necessário em uma casa. Sem esses ornamentos, a casa fica sem graça, sem vida, sem alegria, sem beleza. Porém, se o amor romântico é a ornamentação que torna a construção mais bonita e alegre, o amor sacrificial é o alicerce, a fundação. Aonde você está agora não é possível enxergar o alicerce desta construção, mas é o que sustenta e dá segurança.


A segurança de um relacionamento conjugal depende da profundidade do amor sacrificial do casal, nunca tive uma experiência tão construtiva como estou tendo desde que me casei, falar no plural, pensar em conjunto, me sentir mais responsável, ter minha própria família, mas nada disso é fácil... Amor é uma doação diária.


O que determina o sucesso ou o fracasso de um casamento, quando o casal experimenta a força dos temporais da vida, é o amor sacrificial. Há uma estatística que diz: quando uma doença grave atinge o marido, colocando-o em uma cama até a morte, o outro tende a 'pular do barco' no meio do caminho, deixando-o morrer sozinho. Falta profundidade do amor-sacrifício. Apesar desta estatística, eu já vi companheiros sofrerem ao lado do outro até o último momento, amando-o sacrificialmente. A paixão, loucura... passa, mas o amor, aquele brilho no olhar, permanece.

Esse amor, que independe de idade, classe social, sexo, religião, família, etc.


Quantas vezes você pensou em desistir do casamento? Do amor? De pensar quer a pessoa que está ao seu lado não era suficiente? Acha que vai ficar sozinho sempre? Que o próximo não vai ter defeitos?


Conversem, é o melhor remédio. Acredito muito no diálogo e na mudança das pessoas. Eu acordo todos os dias e fico feliz em saber que pude encontrar alguém que me entende, me aceita e agradeço muito a Deus, pois foi Ele que nos colocou no caminho um do outro e a Ele que peço sempre o caminho. O mais difícil pode ter certeza que não é encontrar alguém...


Tem um hino que diz:


"Se tu minh'alma, a Deus suplica,

Espera n'Ele, confiante fica,

Em tuas promessas que são mui ricas pra te valer!

Por que te abete, oh minh'alma

Espera nele, com fé e calma!

Jesus de todos os teus males salva,

E te abençoa dos altos céus!


Somos colocados em provas todos os dias, uma relação homossexual é vista como promíscua, aberta... (na maioria das vezes) além de todo o preconceito que passamos. Mas o que falo aqui é do amor, independentemente do tipo de relação.


Amar quando tudo vai bem, é fácil, o grande desafio é amar quando tudo parece lutar contra nós. Tudo são barreiras, seja por falta de dinheiro, tesão, conversa... mas não pode faltar AMOR, pois Amor é uma lição diária a ser feita. Amor não são só risos, mas são muitas lágrimas, e estas nem sempre precisam ser de tristeza.


Após atravessar esses desertos, você sai do outro lado mais doce, mais sensível, mais compreensivo, mais maduro, mais casado, mais romântico!


Seja o melhor amigo do seu amor, ele, tem que ser a pessoa mais importante na sua vida hoje. Consegue se ver longe dele? Quem sabe proponha algo diferente: volte a viajar juntos, namorar, brincar e curtir os filhos com muita alegria.


Não basta se preocupar exageradamente com a decoração da casa, se não houver investimento significativo no alicerce.


Só amor romântico não basta, é preciso amor sacrificial!!! Amem muito e valorizem muito!


Vagner Oliveira

Advogado

Especialista em Direito Homoafetivo

Pós-Graduado em Processo Civil

Instagram: @eu.vagner

Contato: advogadovagner@hotmail.com


Leia outras matérias de Vagner Oliveira.

CONTATO

(51) 3209.9879

(51) 99982.4717 / (51)  99338.6335

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • Branca Ícone Google+
  • YouTube - Círculo Branco