Já pensou em adotar mas ficou em dúvida sobre o porte do cachorrinho?

Por Alice Ricco*


A primeira coisa que se passa na cabeça quando se quer adotar é o tamanho que o filhote vai ficar ou qual tamanho de adulto é melhor para a casa ou para o apartamento. Mas, na verdade, o que devemos levar em conta são essas coisinhas:


• Vou ter tempo para dar amor e ensinar meu pet?

• Vou poder fazer passeios diários com ele ou levá-lo para creche para gastar energia?

• Tenho condições de arcar com vacinas ou qualquer emergência que aconteça?

• Vou me dedicar a fazê-lo se sentir confortável em casa? Visto que qualquer mudança na vida do animalzinho pode gerar estresse e medo?


Marley, um menino super alegre, carinhoso e porte G 💛 Tem em torno de 3 anos e aguarda adoção ansiosamente.

• Terei paciência e respeitarei a personalidade do bichinho?

• Estou ciente de que independente do porte do animal, tudo que ele precisa é de um local aconchegante para sua caminha e seus potinhos?


Zack com seu lindo olhar aguarda adoção há muito tempo. É porte G, tem 11 anos mais ou menos e é super doce.

Se respondeu sim para todas essas perguntas, tu podes adotar um animalzinho de qualquer tamanho. Qualquer porte requer cuidados, atenção, passeios, veterinário e dedicação. Todos os pets merecem muito amor 💚.


Gaudêncio sorridente, mesmo ainda não adotado devido ao seu porte G, sempre está alegre e carinhoso. Tem 10 anos de fofura.

Com carinho,

Alice - @pelopeludinhos


Alice Ricco

Estudante de veterinária na UFRGS, fundadora do

projeto Pelos Peludinhos e vegana.

CONTATO

(51) 3209.9879

(51) 99982.4717 / (51)  99338.6335

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • Branca Ícone Google+
  • YouTube - Círculo Branco