Como perfumar seu cão corretamente

Por Luigi Bitencourt


Olá queridos leitores. Afinal os Cães podem usar perfumes? Essa é uma dúvida constante dos donos, pois apesar de lindos e amorosos é muito comum que os cães fiquem com aquele odor característico da espécie um pouco mais elevado as vezes, principalmente no inverno onde os banhos são mais intervalados. Esta matéria irá mostrar várias dicas e tirar algumas dúvidas sobre o tema.


cães podem usar perfume?
Crédito: Pixabay images


Cães podem usar perfume?

A resposta é sim na maioria dos casos, desde que os perfumes sejam exclusivos para cachorros. Jamais utilize perfume de humanos nos animaizinhos, pois os mesmo contêm substâncias agressivas ao pet, podendo causar alergias ou intoxicação, entre outros problemas de saúde.


Como utilizar corretamente os perfumes caninos?


perfume para cães
Crédito: Pixabay images

A forma mais eficaz e ideal é utilizar sempre após os banhos e em doses de duas a três borrifadas. Jamais utilize em excesso e principalmente na área perto dos olhos e focinho, pois pode causar irritação. Também não deve ser utilizado diariamente. E lembre-se que é normal e saudável o cão ter seu cheiro característico.


O que fazer se meu cão estiver sujo?


Hoje em dia existem vários produtos alternativos a fim de retardar o banho, principalmente em dias gelados. Opte por produtos como: shampoo a seco ou sprays para limpeza seca. Assim seu animal ficará limpo e poderá aguardar um dia mais propício para o banho.


Perfumes podem atrapalhar a sociabilização?


Sim. Evite utilizar esses produtos quando seu cão for interagir com outros animais. Por instinto, são comuns os cães se cheirarem, a fim de sociabilizar entre si, e aromas diferentes podem causar um estranhamento dos outros.


perfume para cães
Crédito: Pixabay Images

Respeite o limite do seu cão

Sempre ao testar algum novo produto veterinário, no seu cachorro, inicie aplicando numa pequena área, a fim de observar se irá surgir alguma reação. Se apresentar qualquer desconforto como: espirros, alergias ou qualquer outro sintoma, suspenda imediatamente o uso do produto e procure um veterinário.


Autor: *Luigi Bitencourt é um jornalista apaixonado pelo mundo pet.

Para ler mais matérias em sua coluna clique aqui.