5 dicas para cuidar dos cães idosos

Por Luigi Bitencourt


Imagem de AlkeMade por Pixabay

Geralmente os cães, ao passar dos 7 anos de idade, já são considerados idosos. E assim como os humanos necessitam de cuidados diferenciados e mais específicos, a fim de oferecer uma melhor qualidade de vida durante toda sua existência. Veja 5 dicas para você colocar em prática, afim de garantir dias mais tranquilos e confortáveis para seu amigo amigo de 4 patas.


Alimentação


Os cães sênior tendem a exercitar-se menos ou com menor intensidade. Por isso é fundamental escolher uma ração compatível com sua idade, pois isso garante uma melhor nutrição e evita problemas de saúde como obesidade. Com a idade também é comum que os cães fiquem com os dentes mais frágeis. Sendo assim, uma ótima alternativa é molhar um pouco a ração dura com água, a fim de deixá-la mais fácil de ser consumida ou optar por alimentação natural. Mas não esqueça que qualquer modificação na alimentação de seu cão deve ser feita com orientação de um veterinário, a fim de oferecer uma refeição completa em nutrientes.


Adapte sua casa


Coloque a cama sempre em locais de fácil acesso. Imagem de Mira Gane por Pixabay

Os cães ao ficarem mais idosos tendem a diminuir sua locomoção ou diminuir seus reflexos como: corridas, pulos, etc. Então tente facilitar a vida deles deixando a cama em um local de fácil acesso e o pote d’água na altura mais ideal possível para que o pet não necessite se abaixar em demasia. Ao facilitar a altura e local dos potes d’água, isso também contribui para a hidratação.


Cuidado com o chão

Os cães, de um modo geral, não costumam se dar bem com porcelanatos e outros pisos mais escorregadios, visto que suas patas não aderem bem ao material. Ao passar dos anos isso pode prejudicar demais a mobilidade de seu animal. Então, ao ter um cãozinho em seu lar, se possível troque o material do piso a fim de tornar o dia a dia do seu pet muito mais agradável.


Exercite-se

Um grande erro, dos donos de pet, é achar que, porque seu cão ficou idoso ele necessita permanecer totalmente em repouso. Os cães apesar de ter menos disposição, nessa fase da vida, necessitam de exercícios moderados para manter uma saúde mais ativa e diminuir as chances de desenvolver doenças como: obesidade ou perda muscular, entre outras. Opte por atividades mais amenas como uma caminhada no parque ou outras que demandem menos esforço físico.


Respeite os limites


É super normal nessa fase ocorrer isto. Imagem de gamagapix por Pixabay

Os pets nessa idade da vida tendem a diminuir os reflexos. Não se zangue se o cão começar a fazer as necessidades em lugares errados ou apresentar algumas mudanças de hábitos, pois ter confusão ou perda de memória é um fato bem comum nessa fase . Quando isso acontecer tente novamente ensinar seu cãozinho, mas com gentileza e carinho e, acima de tudo tenha paciência, pois eles necessitam de muita atenção sempre.































Autor: *Luigi Bitencourt é um jornalista apaixonado pelo mundo pet.

Para ler mais matérias em sua coluna clique aqui.